1º Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores teve mais de 400 inscrições

 
1º Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores teve mais de 400 inscrições  Crédito: Marcelo Soubhia/Fotosite

O primeiro concurso que convidou estudantes de moda de todo o país a criarem coleções inspiradas no algodão, o 1º Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores teve mais de 400 inscrições , e realizou como etapa final o desfile dos seis finalistas, que apresentaram suas coleções de 10 looks produzidas com fibra natural, na última noite do evento, em 08/07.

Cada coleção contou com narrativa coesa, expressiva e uma história com inspirações diversas. O desfile teve início com a Ateliê Fomenta, de Fellipe Campos e Fernando Carvalho, que relembrou os anos de chumbo da Ditadura Militar e reforçou que o passado não deve voltar. Com o algodão, produziu vestidos, saias, calças e shorts com pedaços da constituição e de jornais, trechos que contam bem essa história. Na maquiagem, ora mordaças vermelhas simulando a censura, ora batons contornados por fora da boca, lembrando as drag queens.

Marca: Atêlie Fomenta | Crédito: Marcelo Soubhia/Fotosite

O segundo finalista da noite foi a Assumpta, de Gabriela Pfeifer, Daniel Mathias Leão e Eduardo Grella, com uma coleção bem colorida, apresentando bastante técnica no que tange na a transformação do algodão. Em seguida, Dario Mittmann, que fez uma imersão no universo do folclore japonês para criar peças de estética Harajuku, com macacões, casacos e conjuntos cheios de brilhos e aplicações, pichações e recortes. O estilista ficou em segundo lugar no concurso.


Marca: Assumpta e Dario Mittmann| Crédito: Marcelo Soubhia/Fotosite

O vencedor do Desafio Sou de Algodão, Mateus Cardoso, foi responsável pela quarta coleção a entrar na passarela, com coleção masculina e focada em uma alfaiataria precisa e bem acabada, com ombros estruturados e construção impecável. Os shortinhos curtos, blazers e camisas, mas principalmente as jaquetas, com paleta de cores bem pensada fizeram com que Cardoso ganhasse essa primeira edição do Desafio.

Marca: Mateus Cardoso | Crédito: Marcelo Soubhia/Fotosite

"Foi uma experiência incrível por todos os lados e esse projeto em si me enriqueceu muito, porque nunca fiz uma coleção completa sozinho e eu consegui fazer na passarela uma coisa que acredito muito que é a estética do que eu sempre quis passar. Fiquei bem feliz com o resultado na passarela e com o projeto como um todo.", relata o vencedor do concurso que entre os prêmios fará parte da line-up da 46ª edição do evento, em novembro de 2019, com apoio do Sou de Algodão.

A penúltima coleção foi da Era Brand, de Patrick Langkammer, Lays Santos e Alan Dantos, onde as texturas foram o foco. Muito drapeado, palha e babados decoraram as peças da marca, que brincaram com combinações de cores e inspirações africanas. Rodrigo Evangelista trouxe a inclusão social em sua história, fechando o desafio, com a cantora Ivana Wonder abrindo o show. O estilista convidou pessoas soropositivas para trabalhar com ele, para valorizar essa mão de obra que muitas vezes é deixada de lado.


Marca: Era Brand e Rodrigo Evangelista | Crédito: Marcelo Soubhia/Fotosite

A noite foi marcada por muita emoção, em que os estudantes tiveram suas criações em uma das semanas de moda mais importantes do país, com presenças ilustres que puderam prestigiar seus trabalhos, além de serem avaliados por importantes nomes da moda, como: as jornalistas Lilian Pacce e Susana Barbosa, os estilistas Rober Dognani e Issac Silva, o fotógrafo ErnnaCost, os stylists David Pollak e Victor Miranda, a influencer e youtuber Magá Moura, o maquiador Max Weber e o apresentador Arlindo Grund.








Me encontre nas redes sociais:

0 Comentários