Personal stylist, Roze Motta é queridinha dos sertanejos

Roze Motta, Chitãozinho e Márcia Alves no show "Amigos" (Foto: Rosa Marcondes)

Aos 32 anos, Roze Motta já carrega em seu currículo o marco de ser responsável pelo visual de nomes de peso do mundo sertanejo como Fernando & Sorocaba, Marcos & Belutti, Thaeme & Thiago, Chitãozinho (da dupla Chitãozinho & Xororó), Edson & Hudson, Lauana Prado, entre outros famosos do meio. Formada em Consultoria de Imagem, Stylist e Imagem Masculina pela DressCode de São Paulo e com especialização em stylist pelo Passaporte Fashionista em Paris, a paulista, que atua há cinco anos no segmento e conta que sua paixão pela moda sempre esteve presente em sua vida:

"Desde criança eu gostava de brincar de trocar as roupas das minhas bonecas, nunca deixei nada comum, sempre gostava de criar, inventar. As minhas roupas nunca eram óbvias, sempre tinha um toque fashionista. A moda sempre esteve no meu sangue. Sou muito realizada por poder fazer as pessoas se sentirem melhores com a sua imagem através do meu trabalho, eu auxilio as pessoas a cuidarem do visual descobrindo o que é adequado para ela, realçar o que a pessoa tem de beleza, elegância, sem fugir do seu objetivo, das suas características, tirar a personalidade da pessoa."

Imersão no meio sertanejo

Curiosamente sua imersão no meio sertanejo aconteceu por incentivo de seu grande amigo Fernando Zor, da dupla Fernando & Sorocaba: "O Fernando foi meu grande incentivador. Eu sempre ajudava ele a se vestir, dava dicas, até que um dia ele me disse: 'Você precisa trabalhar com a gente nessa área' e desde então já são 4 anos trabalhando com eles, estive à frente do figurino dos últimos DVD's, é muito bacana", explica Roze que atualmente também está assinando o visual de Thayná Bitencourt, cantora que é sucesso do público jovem e Mariana Pimenta, que é uma aposta do Fernando Zor da dupla Fernando & Sorocaba e Maiara, da dupla Maiara & Maraisa.

"Quando chega um cliente novo, a primeira coisa que eu tento fazer é conhecer um pouquinho da rotina daquela pessoa, porque geralmente ela se veste de uma maneira, mas quer passar outra imagem do que aquela que está vestindo, então fazemos um scanner na pessoa, digamos assim. A gente vai começar um trabalho para fazer o cliente entender o que ele deve usar, o que fica melhor para cada situação, o que favorece seu corpo e descartamos aquilo que não ressalta suas características, o seu biotipo."

Roze Motta - Foto: Junior Lima/Divulgação

Existe certo e errado na moda?

Para a personal stylist, um dos maiores equívocos cometidos pelas pessoas na hora de se vestirem está na "não aceitação":

"Nada é errado na moda. O que é bom para mim pode não ser bom para você. O maior erro que uma pessoa pode cometer na hora de escolher uma roupa, é a não aceitação. A gente tem que se vestir conforme a nossa idade, conforme o nosso tipo de corpo, nosso estado de espírito. As pessoas têm mania de quererem se encaixar em um padrão de beleza, ou se encaixar num molde. Ninguém precisa ser igual a ninguém. Sou super a favor de você mudar se você quer se sentir melhor, agora não virar um molde, não virar escrava, refém disso. Se você se aceita tudo fica mais fácil".

A consultora de imagem explica que o segredo de estar sempre com um belo visual é saber ter equilíbrio, não cometer exageros: "Equilíbrio é tudo na vida, inclusive na moda.

Se o comprimento é menor economize no decote. Se o batom já é vermelho diminua um pouco da maquiagem, não faça um olho tão carregado. Se o vestido tem uma fenda enorme, talvez não precise de tantos acessórios, a fenda por si só já vai chamar bastante atenção. Equilíbrio no look é: se olhe no espelho e veja uma imagem limpa sua, chame a atenção de uma forma bacana."


Não é preciso gastar "rios de dinheiro":

Roze garante ainda que não é preciso gastar rios de dinheiro para se vestir bem. De acordo com a stylist, hoje em dias as lojas de departamento são excelentes opções para quem gosta de estar na moda e possuem peças super acessíveis:

"É um pensamento arcaico dizer que para se vestir bem você precisa torrar o cartão de crédito em lojas de grife. As lojas de departamento são maravilhosas, têm tudo, se inspiram nas grandes coleções, tem tudo de atual, tudo que está sendo usado lá fora já chegou aqui, isso é muito bacana. Ás vezes vemos celebridades que estão vestidas dos pés a cabeça com peças de grife e cometem erros grandiosos e se tornam conhecidos como donos dos piores looks. Elegância vai muito além de etiqueta, é muito mais um estado de espírito, é possível comprar roupas legais, de tecidos bons, com um bom corte e bom caimento sem gastar um dinheiro absurdo."

Para a stylist, mais importante do que seguir as tendências da moda é investir em peças boas, que te favoreçam e estejam adequadas a cada tipo de corpo e estilo:

"Não existe peça ou acessório que seja ultrapassado. Tudo vai e volta na moda, a moda está muito rápida hoje em dia. Seguir tendência é uma coisa maravilhosa, afinal é disso que a moda se alimenta, mas aí é que está, a gente deve entender que isso deve ser usado como um guia, você que vai falar o que fica bom no seu corpo, o que é válido e o que não é. E outra coisa, não é porque no último desfile da Prada estavam usando listra que eu vou sair usando sendo que isso não me favorece, não faz parte da minha personalidade. Use a tendência de uma forma pura, mas não abra mão da sua personalidade. "










Me encontre nas redes sociais:
Fonte: Assessoria de Imprensa

0 Comentários