Mostrando postagens com marcador filmes brasileiros. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador filmes brasileiros. Mostrar todas as postagens

16 de agosto de 2022

Cidade de Deus é o 2º filme de língua estrangeira mais assistido no mundo

 Cidade de Deus é o 2º filme de língua estrangeira mais assistido no mundo


Seja no cinema, sozinho, em casa com a família ou até mesmo em uma maratona com os amigos, assistir filmes ou séries é sempre um bom passatempo. A Preply, uma plataforma online que conecta alunos e tutores nativos em todo o mundo através do aprendizado de mais de 50 idiomas, aproveitou para fazer uma pesquisa e descobriu quais são as obras cinematográficas mais assistidas e bem avaliadas do mundo.


O levantamento analisou os filmes e as séries em língua estrangeira mais populares através do IMDB – uma base de dados online de informações sobre cinema, TV, música e games. Além de obras em inglês, o intuito da pesquisa era averiguar quais obras de diferentes idiomas são famosas entre o grande público.


O destaque brasileiro é do famoso Cidade de Deus, que aparece logo na segunda posição dos mais assistidos do mundo, atrás apenas de Os Intocáveis, que ocupa o primeiro lugar. Já em terceiro está o filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, demonstrando que dois dos três filmes em língua estrangeira mais assistidos são de origem e língua francesas. 


Segundo Daniele Saccardi, gerente de campanhas da Preply, ter um filme nacional logo no Top 3 mostra como a produção local de cinema é um mercado que deve ser visto com bons olhos, tanto pelo público quanto pelos investidores. “Além disso, nós sempre estamos descobrindo algo e quando assistimos algo novo, podemos aprender outra língua, por exemplo, e é neste momento que conseguimos expandir os nossos conhecimentos", diz. 


"Outro benefício de consumir este tipo de conteúdo é descobrir o contexto das palavras, que inúmeras vezes podem ter vários sentidos, dependendo do seu uso no dia a dia. A repetição também ajuda a fixar mais o vocabulário, aumentando a quantidade de palavras que você conhece”, completa.


 Cidade de Deus é o 2º filme de língua estrangeira mais assistido no mundo



Muito além dos blockbusters norte-americanos


Além dos longa-metragens, a Preply descobriu que séries estrangeiras também fazem bastante sucesso, como La Casa de Papel, que ficou em primeiro lugar no levantamento da empresa. A história dos oito ladrões que entraram na Casa da Moeda da Espanha com o intuito de realizar o maior roubo da história foi assistida por mais de 69 milhões de espectadores nas quatro semanas após a estreia de sua quinta temporada, segundo dados da plataforma de streaming Netflix, batendo o próprio recorde, que era de 65 milhões no mesmo período, mas na quarta temporada.


Dois seriados alemães (Dark, 2017, e Como Vender Drogas Online (Rápido), 2019) e dois coreanos (Round 6, 2021, e Kingdom, 2019) também são destaques estrangeiros no Top 10, que ainda inclui seriados aclamadas pelo público, como o sueco The Bridge (2011) na quarta posição, o espanhol Elite (2018) em quinto lugar, o norueguês Skam (2015) em nono e o brasileiro O Mecanismo (2018) como sétimo colocado.


Essa produção brasileira, que ganhou notoriedade através da Netflix, conta a história de um delegado da Polícia Federal e a sua curiosidade obsessiva que o levou a imergir em uma das maiores investigações de desvio e lavagem de dinheiro da história do Brasil — a Operação Lava Jato. As duas temporadas da série já estão disponíveis no serviço de streaming.


Conheça os filmes em língua estrangeira mais assistidos no mundo, segundo a Preply:


1º. Intocáveis (2011, francês)

2º. Cidade de Deus (2002, português)

3º. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001, francês)

4º. A Viagem de Chihiro (2001, japonês)

5º. Parasita (2019, coreano)

6º. A Vida É Bela (1997, italiano)

7º. O Labirinto do Fauno (2006, mexicano)

8º. Oldboy (2003, coreano)

9º. A Vida dos Outros (2006, alemão)

10º. Princesa Mononoke (1997, japonês)

11º. Os Sete Samurais (1954, japonês)

12º. A Queda! As Últimas Horas de Hitler (2004, alemão)

13º. Meu Amigo Totoro (1988, japonês)

14º. A Caça (2012, dinamarquês)

15º. O Túmulo dos Vagalumes (1988, japonês)

16º. Cinema Paradiso (1988, italiano)

17º. O Barco: Inferno no Mar (1981, alemão)

18º. Kimi No Na Wa (2016, japonês)

19º. A Separação (2011, persa)

20º. O Segredo dos Seus Olhos (2009, espanhol)

21º. Relatos Selvagens (2014, espanhol)

22º. Operação Invasão (2011, indonésio)

23º. Corra, Lola, Corra (1998, alemão)

24º. Invasão Zumbi (2016, coreano)

25º. Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres (2011, sueco)


Conheça as séries em língua estrangeira mais assistidas no mundo, segundo a Preply: 


1º. La Casa de Papel (2017, espanhol)

2º. Dark (2017, alemão)

3º. Round 6 (2021, coreano)

4º. The Bridge (2011, sueco)

5º. Elite (2018, espanhol)

6º. Kingdom (2019, coreano)

7º. O Mecanismo (2018, português)

8º. Gomorra (2014, italiano)

9º. Skam (2015, norueguês)

10º. Como Vender Drogas Online (Rápido) (2019, alemão)

11º. The Killing – História de um Assassinato (2007, sueco)

12º. The Rain (2018, sueco)

13º. Fauda (2015, hebraico)

14º. Borgen (2010, sueco)

15º. Babylon Berlin (2017, alemão)

16º. 3% (2016, portugês)

17º. The Returned (2012, francês)

18º. Breathe (2018, indiano)

19º. Areia Movediça (2019, sueco)

20º. El Chapo (2017, espanhol)

21º. Deutschland 83 (2015, alemão)

22º. Suburra: Sangue em Roma (2017, italiano)

23º. As Telefonistas (2017, espanhol)

24º. Cães de Berlim (2018, alemão)

25º. The Bureau (2015, francês)












Me encontre nas redes sociais:

Fonte: Assessoria de Imprensa 
Quero ler o post completo

3 de abril de 2019

Promoção da Philips leva uma pessoa com acompanhante à Paris

Promoção da Philips leva uma pessoa com acompanhante à Paris

Uma viagem romântica para Paris, com roteiro exclusivo e personalizado para uma pessoa com acompanhante, diversos prêmios e pares de ingressos para assistir ao filme De pernas pro ar 3, com distribuição Paris Filmes e estreia dia 11 de abril nos cinemas, é a proposta da promoção "Philips apaixonados e De Pernas Pro Ar em Paris", que acontece de 1ª de abril a 16 de junho deste ano.

A parceria entre Philips do Brasil e o filme De pernas pro ar 3 é uma iniciativa da Promo Brazil – agência de Live Marketing, responsável também pelo planejamento, criação e operacionalização da campanha promocional.

Para participar, basta comprar um produto Philips, da linha de cuidados pessoais masculino ou feminino e cadastrar-se no site www.promophilips.com.br com o número do cupom fiscal da compra e dados pessoais ou via WhatsApp, no número (11) 96912-5482. Feito o registro, os consumidores ganharão, de imediato, um par ingressos para a comédia romântica "De pernas pro ar 3", que deverá ser resgatado pela Ingresso.com, e ainda, um número da sorte para concorrer a prêmios semanais que incluem Airfryer, Panela de Pressão Elétrica, Pasta Maker da Philips Walita, entre outros produtos.

De acordo com Adrilles Carvalho, gerente de marketing de Cuidados Pessoais na Philips do Brasil, o objetivo da ação é proporcionar ao consumidor uma experiência inesquecível. "A Philips é uma marca que quer estar presente em todos os momentos da vida dos consumidores. Queremos apoiá-lo nos cuidados pessoais e ainda garantir um lifestyle de completo bem-estar e conforto", completa.

Serão no total, 12 sorteios, incluindo a premiação da viagem à Paris, que inclui visita aos estúdios onde o filme foi gravado, que acontecerá no dia 26 de junho. Os consumidores também poderão se cadastrar na promoção via WhatsApp, no número (11) 96912-5482, enviando foto do cupom fiscal de compra.

Para ter acesso ao regulamento completo e saber mais sobre a campanha acesse www.promophilips.com.br.







Me encontre nas redes sociais:
Fonte: Assessoria de Imprensa
Quero ler o post completo

14 de novembro de 2018

'Ilha de Ferro' estreia no Globoplay

 'Ilha de Ferro' estreia no Globoplay

O Globoplay, maior plataforma de streaming brasileira, lança com exclusividade no dia 14 de novembro a superprodução Globo 'Ilha de Ferro’. Os assinantes do Globoplay poderão conferir com exclusividade absoluta todos os 12 episódios da primeira temporada da série criada e escrita por Max Mallmann e Adriana Lunardi, com supervisão de texto de Mauro Wilson e direção artística de Afonso Poyart. A trama de ação, drama e aventura gira em torno da vida de homens e mulheres que trabalham numa plataforma de petróleo em alto-mar.

Produzida para ser um conteúdo exclusivo do Globoplay, 'Ilha de Ferro' também terá uma exibição especial do primeiro episódio no dia 19 de novembro na TV Globo, no ‘Tela Quente Especial’.

A série conta a história de Dante (Cauã Reymond) e Júlia (Maria Casadevall), que, assim como os demais petroleiros, vivem pelo menos duas vidas: uma na terra, outra no mar, onde passam duas semanas inteiramente confinados na PLT-137, a ilha de ferro, localizada a uma hora de helicóptero da costa brasileira.

Na plataforma, o perigo de vida é permanente. A PLT-137 mais parece uma panela de pressão prestes a explodir. Os petroleiros enfrentam todo tipo de desafio para manter a produção em dia. Em alto-mar, eles são heróis; no continente, nem tanto. Ao desembarcar, voltam para os conflitos familiares, os casamentos por um fio e as contas a pagar. Em casa ou embarcados, os petroleiros não se sentem inteiros em lugar nenhum.

No primeiro episódio, ao chegar em terra, o petroleiro tem de lidar com a descoberta de uma dupla traição. Sua mulher, Leona (Sophie Charlotte), com quem mantém um casamento tumultuado, revela ter um caso com Bruno (Klebber Toledo), irmão de Dante.

Bruno é um piloto de helicóptero de caráter muito duvidoso, mas verdadeiramente apaixonado por Leona. “Dante desenvolveu por Bruno um afeto de pai. No casamento, repete essa postura de cuidar e proteger. Tanto para o irmão quanto para a mulher, ele é a autoridade moral, o adulto responsável, o socorro na hora do aperto. O fato é que Dante pensa, ou precisar pensar, que todos dependem dele. Não à toa, Leona e Bruno desenvolvem uma aliança traidora”, conceitua Adriana.

Dois irmãos em guerra. Duas mulheres sem paz. Está formado o quarteto que vai enfrentar, cada um a sua maneira, inúmeras situações-limite na terra e no mar. Mais do que petróleo, a PLT-137 extrai adrenalina e emoções inflamáveis a cada episódio.

"Este é um dos grandes lançamentos do ano do Globoplay: um projeto exclusivo com atores como Cauã Reymond, Maria Casadevall, Sophie Charlotte e Klebber Toledo, dentre outros, e a equipe que desenvolveu 'Ilha de Ferro' é incrível. Vemos aqui a qualidade de produção Globo em uma superprodução que vai conquistar o público com muita ação e sentimentos profundos", afirma João Mesquita, Diretor-Geral do Globoplay.

'Ilha de Ferro' estreia no dia 14 de novembro com exclusividade no Globoplay e o seu primeiro episódio será exibido na Globo no dia 19 de novembro no 'Tela Quente Especial'. Em breve, o serviço de streaming trará também novos conteúdos exclusivos nacionais, além de séries e filmes internacionais.



Me encontre nas redes sociais:
Quero ler o post completo

2 de agosto de 2018

Anima Mundi 2018 tem espaço que exibe filmes em VR

Anima Mundi 2018 tem espaço que exibe filmes em VR (Imagem: Divulgação) "Back to the moon"

O 26° Anima Mundi - maior festival de animação da América Latina - aporta em São Paulo, de 1° a 5 de agosto. Pela primeira vez na história, a edição contará com um espaço voltado à Realidade Virtual (VR, na sigla, em inglês). Intitulado 'Oi 360°', o ambiente será montado no Memorial da América Latina e exibirá curtas metragens em realidade virtual e 360°, alguns deles, interativos, permitindo a exploração destas novas plataformas.

A Broders -, produtora de conteúdo audiovisual voltada ao mercado digital - apoiará o espaço, disponibilizando sistemas completos para a exibição de filmes gravados em 360°, com OculusRift + touch (que permite a interação com o vídeo) e computadores de alto desempenho. Por meio destes equipamentos, serão exibidas algumas das principais produções recentes em VR, premiadas em diversos festivais ao redor do mundo.

Ao todo, serão exibidos doze filmes produzidos por empresas pioneiras como as norte-americanas Google Spotlight, Penrose Studios, Fable Studios e BaobabStudios, além de estúdios tradicionais de animação, como o National FilmBoard of Canada e a britânica Aardman, todos com propostas muito estimulantes e inspiradoras para a imersão do espectador.

Anima Mundi 2018 tem espaço que exibe filmes em VR (Imagem: Divulgação) "Back to the moon"

Anima Mundi 2018 tem espaço que exibe filmes em VR (Imagem: Divulgação) "Piggy"

Os curtas-metragens tratam de temáticas diversas. Em um deles, intitulado "Back to the moon", de Hélène Leroux e François-Xavier (FX) GOBY, o espectador viaja pelos primórdios do cinema, acompanhado de um ilusionista, uma rainha de copas e um malvado homem verde. Já em "Piggy", de Jan Pinkava e Mark Oftedal, o visitante acompanha um simpático porquinho, que encontra um bolo delicioso em seu caminho. Neste, a interação é diferente: enquanto o participante estiver olhando, o porquinho resiste à tentação de abocanhar o bolo. No entanto, basta ele se distrair, para o porco aproveitar e comer o bolo inteirinho. Ambas as produções são assinadas pela Google Spotlight Stories.

Espaço OI 360º
De: 1º a 5 de agosto, das 13h às 19h
Local: Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda

Programação completa:WWW.ANIMAMUNDI.COM.BR





Me encontre nas redes sociais:
Quero ler o post completo

9 de julho de 2017

7 filmes brasileiros que podem ajudar na preparação para o vestibular

7 filmes brasileiros que  podem ajudar na preparação para o vestibular
Olá, gente! 

O post de hoje é dedicado aos estudantes e aos amantes do cinema brasileiro! Ao utilizar o cinema para entender o contexto de uma época pode ser um exercício interessante para quem está se preparando para prestar vestibular. Todas as grandes narrativas ocorridas desde a criação do mundo já foram retratadas pela sétima arte. No dia 19 de junho, foi comemorado o dia do cinema nacional, os professores do Stoodi – plataforma de educação à distância selecionaram 7 filmes brasileiros que podem ajudar na preparação para o vestibular. Confira!

1- Central do Brasil (1998, Drama, 1h55)


De acordo com o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o fluxo migratório brasileiro é mais expressivo do Nordeste para o Sudeste. Em 2013, por exemplo, a Bahia foi o estado que perdeu maior número de população. Já São Paulo, foi o estado que mais recebeu novos residentes. Para retratar esse cenário, a sugestão de filme é o premiado Central do Brasil. Dirigido por Walter Salles, o longa ganhou o Urso de Ouro em Berlim, o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e mais uma dezena de prêmios. Central do Brasil também foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro e rendeu à Fernanda Montenegro a disputa de melhor atriz.

2- Que Horas Ela Volta? (2015, Drama/Comédia, 1h54)



O filme chama atenção para os contrastes brasileiros. Val é uma pernambucana que precisa deixar sua família no Nordeste paraprocurar emprego em São Paulo. Ela passa a morar na casa de seus patrões e ajuda na criação de Fabinho. Depois de 10 anos sem ver sua filha, Jéssica decide morar coma mãe para se preparar para o vestibularem uma cidade com mais oportunidades. Ela chega, não segue um “protocolo” e começa a questionar algumas diferenças sociais. O filme é dirigido por Anna Muylaert, que dá uma aula de Sociologia e faz uma crítica social ao modo como a classe média trata seus empregados.

3- Olga (2004, Drama/Romance, 2h21)



A produção retrata o período da Intentona Comunista, um movimento liderado pela ANL (Aliança Nacional Libertadora) e contrário ao governo de Vargas. Olga Benário foi uma judia nascida na Alemanha e treinada para lutar em prol do comunismo na União Soviética – local onde conheceu Luís Carlos Prestes. Dirigido por Jayme Monjardim, o filme tem Camila Morgado e Caco Ciocler nos papéis principais e mostra as extremas dificuldades que o casal enfrenta. Olga é enviada para a Alemanha, em pleno período nazista. Sua chegada ao Campo de Concentração de Ravensbrück é uma das cenas mais marcantes do longa.

4- O Dia que Durou 21 anos (2012, Documentário Histórico, 1h17)



O documentário “O dia que durou 21 anos”, dirigido por Camilo Tavares, revela áudios sigilosos de telefonemas da Casa Branca e documentos secretos da relação Estados Unidos-Brasil durante o Golpe de 64. Dividido em três episódios de 26 minutos cada, o documentário mostra a influência dos presidentes Jonh F. Kennedy e Lyndon Johnson no processo do golpe militar, na época em que João Goulart comandava o Brasil. O filme revela em que medida a CIA estava envolvida com o cenário político quando o plano para tirar Jango do poder foi executado.

5- Cinema, Aspirinas e Urubus (2005, Aventura/Drama, 1h39)



A história se passa no Nordeste brasileiro na época em que aconteceu a Segunda Guerra Mundial. No filme, um alemão veio se refugiar no Brasil, tornou-se caminhoneiro e passou a vender aspirinas pelo país. Em uma de suas caronas, ele encontra um homem simples que, à primeira vista, parece muito diferente de sua realidade. Esse moço acaba virando seu ajudante e começa a exibir filmes do remédio contra dor de cabeça por onde eles passam. A história relaciona características de dois povos muito diferentes que têm em comum a habilidade de enfrentar as condições adversas.

6- O que é isso companheiro? (1997, Drama/Thriller, 1h50)



O filme “O que é isso Companheiro?”mostra como foi o sequestro do embaixador americano, Charles Burke Elbrick, realizado pelos grupos guerrilheiros MR-8 e ANL, durante a Ditadura Militar no Brasil. Os dois grupos militantes têm orientação política de esquerda, lutam pelo fim da ditadura militar e pela implantação do socialismo no Brasil. Dirigido por Bruno Barreto, o longa recebeu indicação ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Vale assistir para entender como ocorreram essas disputas ideológicas no período mais sombrio da história nacional.

7- Desmundo (2002, Drama, 1h41)



O filme retrata a sociedade da época da colonização e desbravamento do Brasil, em meados de 1570. Naquele período os negros eram mantidos como escravos, os índios eram considerados selvagens e as mulheres, tratadas como propriedades de seus maridos. O longa-metragem traz uma discussão humanizada sobre estes temas. Mostra ainda que a Igreja mandou trazer de Portugal meninas órfãs para se casarem com os colonos e evitar que estes portugueses se relacionassem com as índias. Interessante assistir ao filme para compreender este período histórico brasileiro. 

Me encontre nas redes sociais:
Instagram | Twitter  VlogAngellRibeiro | Snap:ANGELLRIBEIRO



Fonte: Assessoria de imprensa
Quero ler o post completo