Resenha: O anti idade da Lift Age que pode ser usado como Primer

Resenha: O anti idade da Lift Age que pode ser usado como Primer 

O LiftAge é um SÉRUM de tratamento para o rosto multifuncional que contribui para a regeneração das suas células com componentes importantes para a saúde da sua pele. Além de ser um anti-rugas, ele também pode ser um poderoso primer repleto de benefícios.

Contém na fórmula as vitaminas C e E que associadas ao Antiox 3D (um complexo à base de extrato de café, bioflavonóides, carcinina) o torna um potente antioxidante com ação protetora e também é enriquecido com colágeno vegetal, com ação hidratante que restauram a água da pele.

Resenha: O anti idade da Lift Age que pode ser usado como Primer 

Ele promete auxiliar na regeneração das células que contribuem para a vitalidade da pele do rosto, também é capaz de minimizar e prevenir os sinais do envelhecimento, linhas de expressão, deixando a pele muito mais bonita e renovada para encarar qualquer evento do dia a dia.

O Liftage vem em um vidrinho com conta gotas. É indicado para qualquer idade e tipo de pele. O produto possui pH neutro, secagem rápida e também é livre de sulfatos e parabenos, gostei bastante da fragrância que natural bem suave. Além disso deixa a pele macia e não fica com aspecto oleoso e nem grudento.

A pele fica bem hidratada e você consegue perceber seus benefícios já nas primeiras semanas de uso. E mais uma vantagem do produto é que pode ser usado como primer, gostei muito do resultado, a pele fica aveludada e a maquiagem dura muito mais tempo.

Resenha: O anti idade da Lift Age que pode ser usado como Primer 

Como usar:

Lave o rosto como o habitual, enxaguar e deixar o rosto bem seco. Com o auxilio do conta gotas coloque um pouco do produto nas pontas dos seus dedos, (eu aplico direto na pele) e espalhe por todo rosto e pescoço com movimentos suaves. Aguarde de 3 a 5 minutos para o produto ser absorvido.

Você só encontra o produto no site da marca >>> liftage.com.br
Preço: R$99,90 






Me encontre nas redes sociais:

0 Comentários